Danilo Oliveira: aprovado em 3º lugar no TRT 5ª Região

Danilo Oliveira: aprovado em 3º lugar no TRT 5ª Região


Danilo Oliveira
enfrentou 71.142 candidatos inscritos no concurso do Tribunal Regional do Trabalho da 5ª Região, localizado na Bahia, e conquistou uma das 14 vagas destinadas aos cargos de nível médio e superior oferecidas no edital. Daniel classificou-se em 3º lugar para analista judiciário, área judiciária do órgão.Soteropolitano e graduado em Direito, Danilo iniciou sua preparação para concursos conciliando com o emprego. Ele decidiu, então, pedir demissão para dedicar-se integralmente ao seu sonho de se tornar analista judiciário.

Em junho de 2013, Danilo começou a se preparar para o certame do Tribunal Regional do Trabalho da 18ª Região, em Goiás. Após a divulgação do resultado da prova de Goiás, na qual não teve uma boa localização.

Com o resultado do TRT 18 e com a intenção de não mudar de estado, Danilo passou a se preparar exclusivamente para o concurso do TRT 5. “Meu foco era passar aqui (em Salvador), tanto que abdiquei de me inscrever em outros concursos que ocorreram nesse mesmo período”, explica Oliveira.

Logo no início da sua preparação para as provas públicas, o CERS foi peça fundamental nos estudos de Danilo. “Eu conheço o CERS desde 2012, durante a minha graduação em Direito. Eu já via meus colegas comentando sobre os cursos. Minha primeira aula foi, no entanto, apenas em 2013, nas isoladas de Direito do Trabalho, Processo do Trabalho e Previdenciário para o certame do TRT da Bahia”, diz.

O mais difícil da sua jornada como concurseiro, segundo Oliveira, foi abdicar de muitas horas do dia, do lazer, além da rotina de acordar cedo e já começar estudar. “A pressão também, de mim mesmo e dos meus amigos, minha família, uma certa de cobrança que eu sentia de ser aprovado”, confessa Daniel.

Danilo considerou sua experiência de aprendizagem com o CERS extremamente positiva. Para ele, desde o primeiro contato com os colaboradores durante o processo de aquisição do curso, até a ligação com os professores durante as aulas foram essenciais na sua aprovação. “As aulas me ajudaram e me apresentaram bastante, sobretudo as de Direito Previdenciário, que era uma matéria inédita no edital do concurso do TRT para analista e que eu não tinha muito conhecimento sobra a matéria. Eu sei que isso foi o diferencial para o meu êxito”, afirma.

Ainda sobre a metodologia do CERS, Danilo destaca todos os benefícios do curso online durante a sua preparação. “Primeiro, eu mesmo determinava os meus horários de estudo. O curso online também me permitia pausar as aulas, fazer minhas anotações e voltar às aulas, além da disponibilização de um material complementar rico, que é um diferencial do CERS”, explica Oliveira.

“A sensação é de dever cumprido. Passa um filme na cabeça, uma lembrança de tudo o que eu abdiquei. Você vê que todo o esforço valeu à pena e a recompensa é válida”, acrescenta Danilo. Ele ainda deixa um recado para você concurseiro: não desista! Tenha disciplina, tenha determinação no que quer, elabore o seu cronograma de estudo e tenha perseverança. Só depende de você”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *