A determinação de Thiago Cândido

A determinação de Thiago Cândido

Meu sonho sempre foi ser advogado, mas, devido as dificuldades financeiras, eu conversei com meu avô e ele se dispôs a me ajudar nos custos da minha faculdade. No dia da matrícula, meu avô trouxe um valor bem inferior, o que impossibilitava de seguir na graduação.

Como eu fui estudante de escola pública, e havia me inscrito para o ProUni, eu recebi uma carta (quase que simultaneamente ao momento de decepção) informando que eu consegui uma bolsa de 50% de desconto. No meio de um cenário sem esperança, veio a salvação. Eu, então, iniciei meus estudos e cursei os cinco anos do bacharelado em Direito.

Minha faculdade ficava em Quixadá, no interior no estado do Ceará, e lá não tinha nenhum curso preparatório para a prova da OAB. E foi durante a graduação, através de um professor de Direito do Trabalho que eu conheci o CERS.

Esse professor falava sempre no  Renato Saraiva (estudávamos, inclusive, pelo livro do professor Renato) e, ao final do curso, ele nos indicou o site do CERS e o Portal Exame de Ordem para quem queria estudar para o Exame de Ordem.

Fiz a prova da OAB no segundo semestre de 2010, na primeira vez que  FGV organizou o Exame. Consegui a aprovação na 1ª fase, mas, como estava finalizando a minha monografia, não passei na 2ª fase em Direito Penal.  Logo em seguida à prova, eu noivei e, por isso,  eu passei a estudar ainda mais. Fui, então, para a minha segunda tentativa, mas não fui aprovado sequer na 1ª fase.

Estava eu, tentando ser aprovado, mais uma vez, na prova da OAB. Já estava casado e, dessa vez, mais focado nos estudos. Nessa edição, fiz o curso completo do CERS para o Exame. O resultado foi um sucesso: alcancei a aprovação.

Comecei a advogar, tanto em Quixadá, quanto em Fortaleza, mas também não queria deixar de estudar. Vi no CERS  a oportunidade de inciar minha preparação para concursos públicos sem abandonar minha atividade de advogado, não tendo prejuízo nenhum na questão do tempo. E sou muito satisfeito com a minha preparação.

2 thoughts on “A determinação de Thiago Cândido

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *