Browsed by
Categoria: Fiscal

Hilda Rocha: aprovada no concurso do INSS

Hilda Rocha: aprovada no concurso do INSS

Meu nome é Hilda Rocha Lima de Souza, sou natural de Salvador e tenho 30 anos. Sou graduada em Direito e desde o 6º semestre presto concursos para os Tribunais Regionais do Trabalho (2013). Na época da faculdade, precisava conciliar o estudo para concursos com o estudo para a faculdade e o estágio. Estou classificada na lista de alguns tribunais, como chances de ser chamada ao longo do ano de 2017, mas o concurso do INSS foi o primeiro em que fui aprovada nas vagas constantes do edital.

Como terminei a graduação em dezembro de 2015, pude me dedicar quase que exclusivamente ao concurso do INSS, já que apenas tinha que conciliar meus horários de estudo com os afazeres domésticos e a prática de atividade física.

Para o concurso do INSS, eu estudava cerca de 7h por dia (segunda a sexta-feira, manhã e tarde), uma ou duas matérias por dia, por meio de livros, leitura da legislação, vídeo aulas e resolução de questões. Sempre estudei sozinha, não me adaptei ao estudo em grupo. Ao longo dos três meses de preparação, fiz resumos de algumas matérias para revisá-las no mês anterior às provas e resolvia questões da matéria estudada durante o dia.

Talvez a maior dificuldade seja o cansaço mental. Depois de alguns meses estudando diuturnamente se torna mais difícil manter a motivação, bem como comecei a sentir um esgotamento metal e um pouco de ansiedade. A impressão que eu tinha é que estava esquecendo tudo que eu havia estudado durante aquele período. Essa sensação dava um pouco de desespero, mas depois eu percebia que era só uma impressão mesmo.

A minha aprovação eu atribuo basicamente a três fatores. Persistência, disciplina e o apoio incondicional de minha família, principalmente, meu marido, o qual entendeu perfeitamente a minha ausência em alguns momentos. Se eu tivesse desistido com a primeira dificuldade ou derrota, não teria sido aprovada neste concurso. A disciplina em manter um foco e uma rotina de estudos também se mostra fundamental, tanto que, embora aprovada, permaneço estudando para alcançar aprovação no cargo que desejo, o de Analista Judiciário de TRT.

A escolha do curso do CERS para me auxiliar nessa caminhada ocorreu por alguns motivos, dentre eles a excelente equipe de professores, os quais se preocupam em garantir ao aluno a melhor preparação, com uma didática simples, porém eficiente, abordando todos os pontos do edital das matérias propostas, além de nos proporcionar uma segurança em relação aos conteúdos abordados.

Você também tem uma história inspiradora para nos contar? Envie um e-mail para eusou@cers.com.br.